• Teresina, 28/06/2022
  • Tempo Hoje: 25° | 25°

Tarifa Social de Energia atinge a marca de 550 mil famílias no Piauí

Piauí se destaca mais uma vez e fica em 1º lugar pelo segundo ano consecutivo

Foto: @Divulgação
Tarifa Social de Energia atinge a marca de 550 mil famílias no Piauí

A Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos, Sasc em parceria com a Equatorial Piauí realizou, na manhã desta terça feira (17), no Theatro 4 de Setembro, a segunda Premiação “Boas Práticas de Tarifa Social de Energia Elétrica”. Ao todo, 38 municípios receberam o valor de R$ 140 mil. No ano de 2022, o programa atingiu a marca de 550 mil famílias beneficiadas com a tarifa social no estado fazendo com que o Piauí fique em primeiro lugar no ranking nacional pela segunda vez consecutiva.

Estiveram presentes à solenidade de Premiação representando a governadora Regina Sousa, o secretário da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos – Sasc, José Santana; o presidente da Equatorial do Piauí, Lener Jayme; o secretário de Estado da Fazenda, Antônio Luiz; Secretário de Estado da Cultura, Carlos Anchieta; o secretário de Estado da Mineração, Petróleo e Energias Renováveis, Fernando Lima; o superintendente da Equatorial Piauí no Norte do Estado, Cosme Cezário; o superintendente da Equatorial do Piauí no Sul do Estado, Paulo Medeiros; o assessor de relações institucionais, Arquelau Amorim; o gerente de clientes especiais, Joaquim Milhomem, o gerente de programas de transferência de renda da Sasc, Roberto Oliveira; além dos representantes dos municípios que foram indicados para o Prêmio.


Em seu discurso, o secretário José Santana falou sobre a importância do cadastro único. “O CadUnico é um banco de dados que só traz a possibilidade de benefícios serem concedidos às pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade. No caso especifico da Tarifa de energia elétrica, é preciso que efetivamente o usuário se encontre e se enquadre naquelas condições que o próprio CadUnico é o instrumento através do qual ele pode ir ao CRAS de sua cidade e mostrar que está adequado a receber esse benefício. Os municípios têm feito esta adesão no sentido de incentivar que cada dia que passa, o usuário esteja com os seus dados atualizados e possa ter acesso a diversos benefícios, inclusive o da Tarifa Social”, explica Santana.

Já o presidente da Equatorial, Lenner Jayme, destaca os bons frutos da parceria entre Governo do Estado, Sasc e Equatorial. “Pelo segundo ano estamos recebendo essa premiação nacional. Nós somos a primeira empresa em termo de aderência à Tarifa Social do País e representado 86,7% de aderência. Nossa expectativa é que 2022 não seja diferente e que venhamos buscar pelo terceiro ano consecutivo, através do cadastro de mais potenciais, noventa mil clientes que existem e que ainda não estão cadastrados e também com a manutenção do cadastro de outros 90 mil clientes que vão ter o cadastro excluído agora se não houver o recadastramento. Então nós temos um trabalho em torno de 180 mil famílias para garantir essa premiação também no próximo exercício”, disse Lenner.

Roberto Oliveira, Gerente do Programa de Transferência de Renda da Sasc, reforça a importância do trabalho da Sasc, através do Programa Busca Ativa, para o sucesso da ação. “No ano passado tivemos apenas 11, agora temos a marca de 38 municípios. Com essa ação se reforça o trabalho da gestão municipal, a importância de se fazer a busca ativa e de se fazer a atualização do Cadastro Único e do Cadastro da Tarifa Social, que injeta na economia do estado R$ 184 milhões por ano”, conclui.

Os municípios premiados durante a solenidade desta terça-feira, 17, com o prêmio Boas Práticas, em ordem decrescente foram Valença, Piripiri, Campo maior, União, Floriano, Oeiras, Picos, Barras, Parnaíba, Teresina.



LEIA TAMBÉM

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Guia Comercial

Veja nossos Planos

Classificados

Anuncie Grátis

Publicidades

Fale Conosco