Ministério Público Eleitoral impugna União Brasil e Silvio Mendes tem Candidatura Ameaçada


Ministério Público Eleitoral impugna União Brasil e Silvio Mendes tem Candidatura Ameaçada Silvio Mendes, candidato ao Governo do Estado do Piauí


A candidatura de Silvio Mendes ao Governo do Estado do Piauí corre riscos de ser indeferida em razão de irregularidade na Prestação de Contas do seu partido, União Brasil.

O Ministério Público Eleitoral no Piauí acionou o Poder Judiciário requerendo a suspensão da anotação do União Brasil no estado. O MP apurou que o Democratas estadual, um dos partidos do qual originou o União Brasil, não prestou contas à Justiça Eleitoral nas eleições de 2014 (conforme processo 0000978-79.2014.6.18.0000).

A ausência de prestação de contas é uma das condutas mais graves no processo eleitoral, pois impede que a Justiça Eleitoral analise os documentos e informações sobre eventual (ir)regularidade dos recursos recebidos e gastos em campanha.

Por isso, o Ministério Público Eleitoral entende que é imprescindível a suspensão do Diretório Regional omisso no seu dever de prestar contas.

Com a suspensão da anotação do União Brasil no Piauí, todas as suas candidaturas ficam ameaçadas, inclusive a de Silvio Mendes, candidato de Ciro Nogueira e Jair Bolsonaro, que está atrás nas pesquisas do Governo do Estado contra o candidato Rafael Fonteles, do PT.



Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login