• Teresina, 27/10/2021
  • Tempo Hoje: 26° | 26°
Publicidade
Publicidade

Brasil imuniza completamente 100 milhões de pessoas contra a Covid-19

O número corresponde a 62,5% do público-alvo imunizados com as duas doses da vacina ou com o imunizante de dose única


Brasil imuniza completamente 100 milhões de pessoas contra a Covid-19

Como resultado das mais de 300 milhões de doses de vacina Covid-19 distribuídas para todo o País, o Brasil chega nesta quarta-feira (13), a uma marca importante na Campanha de Vacinação: mais de 100 milhões de brasileiros estão completamente vacinados. O número corresponde a 62,5% do público-alvo imunizados com as duas doses da vacina ou com o imunizante de dose única.

Até o fim de outubro, essa marca deve crescer ainda mais. Isso porque o Ministério da Saúde prevê a chegada de mais 51,5 milhões de doses de vacina Covid-19. A previsão é que sejam 15,3 milhões da AstraZeneca e 36,1 milhões do imunizante da Pfizer. As doses correspondem a novos contratos, além dos 100 milhões entregues por ambos os laboratórios. O Instituto Butantan também já finalizou as entregas em setembro.

“Caminhamos muito desde o início da Campanha de Vacinação, mas precisamos avançar ainda mais. Por isso, convido a todos os brasileiros que ainda não tomaram a segunda dose da vacina que volte ao posto de vacinação para completar o esquema vacinal. Só vacinados venceremos o vírus e voltaremos ao nosso normal”, contou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Até o momento, o Governo Federal enviou aos estados e o Distrito Federal mais de 301 milhões de doses de vacina Covid-19. A rápida e eficaz logística de distribuição fez o Brasil chegar hoje a 93,7% do público-alvo vacinados com a primeira dose. Vale lembrar também que a Pasta iniciou o reforço na população. Mais de 2,4 milhões já receberam o reforço na imunização.

 

Fonte: Ministério da Saúde

 


Foto: Pablo Jacob

 

“Eu decidi não tomar mais a vacina”, ressalta Bolsonaro

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o presidente da República, Jair Bolsonaro, reafirma que não vai mais tomar a vacina contra a Covid-19. “Eu decidi não tomar mais a vacina. Eu estou vendo novos estudos, a minha imunização está lá em cima. Para que vou tomar a vacina”, questionou. Enquanto líder da nação, o presidente deveria dar exemplo e se vacinar, até para incentivar outros brasileiros a tomarem a mesma atitude. Mas se ele ainda não conseguiu se sensibilizar, mesmo após a morte de mais de 600 mil pessoas, quem se arrisca a emitir qualquer conselho? E não sei mesmo em que presidente Bolsonaro confia para ter certeza que sua imunidade é mais forte que o vírus. Já vi tantos casos de pessoas mais novas, inclusive atletas, perdendo a vida para a Covid-19. Mas vale ressaltar que o risco é bem maior para quem, além de não querer se vacinar, ainda vive sem máscara e em aglomerações.

 

FMS suspende vacinação drive thru ao meio dia de hoje (13)

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) suspendeu o atendimento nos pontos de drive thru da segunda dose da Astrazeneca (ADUFPI, CEU – Norte, Terminal do Bela Vista e Terminal do Itararé), que se encerraria às 17h, foi encerrado excepcionalmente ao meio dia. Segundo o órgão, a suspensão ocorreu devido aos problemas no sistema de registro de doses do Ministério da Saúde, que ainda não foram resolvidos pelo órgão.

 

Atendimento deve ser retomado na próxima semana

Segundo a nota, para não trazer prejuízo à população, na próxima semana serão abertos novos postos de drive thru, de forma a atender a demanda reprimida. A FMS ainda ressalta que o atendimento nesses locais será retomado no horário já anunciado amanhã (14), quando espera-se que o Ministério da Saúde já tenha corrigido o erro no sistema.

 

Agendamento da vacina para quem tem 50 anos ou mais

Nesta quarta-feira (13) abriu o agendamento para a dose de reforço dos trabalhadores de saúde com 50 anos ou mais. O fabricante do imunizante da vacina contra COVID-19 a ser aplicado na dose de reforço será exclusivamente a Pfizer, independentemente do fabricante do imunizante aplicado na primeira e segunda dose.

 


Campanha de vacinação contra a raiva começa dia 30

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) anunciou as datas da campanha de vacinação contra a raiva, destinada a cães e gatos de Teresina. A mobilização inicia no próximo dia 30 de outubro (sábado), das 8h às 17h, em 136 postos das zonas Norte e Leste. Já no sábado seguinte (06/11) será a vez das zonas Sul e Sudeste.

 

Retorno das aulas presenciais

Ainda não está claro no Piauí a partir de quando serão retomadas as aulas presenciais. Em São Paulo, por exemplo, o retorno das aulas presenciais será obrigatório a partir do próximo dia 03, tanto nas escolas públicas quanto nas privadas. Aqui no Piauí essas aulas presenciais já foram autorizadas pelo governo do Estado, mas até agora não saiu uma decisão sobre a partir de quando isso ocorrerá.

 

Saída da base de apoio ao governo

Depois do anúncio da saída da deputada federal Margarete Coêlho, agora o presidente dos Progressistas no Piauí, Júlio Arcoverde, anuncia que o deputado estadual Wilson Brandão também deixa a base do governo Wellington Dias. 

 


Audiência pública debate preços dos combustíveis 

Nesta quinta-feira (14), a Assembleia Legislativa do Piauí realiza uma audiência pública para debater o impacto dos tributos nos preços dos combustíveis no Piauí. O debate ocorrerá na Comissão de Finanças, Fiscalização, Controle e Tributação presidida pelo deputado Henrique Pires (MDB). Foram convidados para a audiência representantes das categorias do comércio, indústria, Governo do Estado, agronegócio, postos de combustíveis, transporte de passageiros e de cargas e representantes nacionais do setor. Um dos convidados nacionais é o engenheiro químico Rogério Mattos, que tem mais de sete anos de experiência na  Petrobras.

 

Seminário discute Trabalho Infantil

Acontece, nesta quinta-feira, 14, III Seminário Estadual do Enfrentamento ao Trabalho Infantil, que será promovido pela Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos, por meio da Diretoria de Proteção Social Especial. O evento será na modalidade on-line, pela plataforma Webex Meet/Rede Sasc, no horário de 9h às 12h. Como o tema  “Estratégias e Desafios para o Enfrentamento ao Trabalho Infantil no Piauí”, o seminário será um importante momento de debate sobre a situação do trabalho infantil no Estado e quais serão os próximos passos para o enfrentamento do problema em todo o Piauí.







LEIA TAMBÉM

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Guia Comercial

Veja nossos Planos

Classificados

Anuncie Grátis

Publicidades

Fale Conosco