• Teresina, 23/09/2021
  • Tempo Hoje: 25° | 25°
Publicidade
Publicidade

Strans planeja licitação emergencial e alternativos substituirão os ônibus

Strans planeja licitação emergencial e alternativos substituirão os ônibus

A Prefeitura de Tersina preparou um plano B para o caso da negativa dos empresários de ônibus em recusarem a proposta feita pelo prefeito Dr. Pessoa para resolver a crise no transporte público. A solução é uma licitação emergencial em que os alternativos substituiriam os ônibus enquanto durar esse problema no transporte de massa. O superintendente da Strans, Major Claudio Pessoa, afirmou que “existe um rito que deve ser observado. Imaginemos um cenário em que nós tenhamos uma negativa dos empresários. Depois do processo regular, para atestar a permanência desses operadores no sistema, seria o caso de extinguirmos esse contrato, quebrarmos essa relação em definitivo. A partir daí, existe todo um regramento acerca de demandas que seriam emergenciais, para que essa prestação de serviço não tivesse dissolução de continuidade. Seria o caso de estarmos provocando junto à administração pública a realização de uma licitação em caráter emergencial, para termos esse serviço para o usuário”, explicou o superintendente da Strans.  A Prefeitura de Teresina aguarda que os empresários apresentam ainda hoje a contraproposta para a proposta apresentada pelo prefeito Dr. Pessoa. Mas já existem estudos para a realizar a ampliação da frota que circula atualmente na capital. 


Canetada

O presidente do TJ-PI, desembargador Ribamar Oliveira, exonerou 131 ocupantes dos cargos em comissão e funções de confiança. A portaria tem efeitos a partir de hoje (13). Foram exonerados: 14 oficiais de gabinete; 32 secretários de vara; 78 secretários assistentes de diretoria de fórum; 1 Secretário de Sessões do Pleno, 4 Secretários de Sessões de Câmara Cível e de Direito Público e 2 Secretários de Sessões de Câmara Criminal e de Direito Público


Regularização urbana

A Prefeitura de Teresina constatou que existe um déficit habitacional de 98 mil casas na capital. Esses imóveis estão sem documentação nenhuma. A Prefeitura determinou a regularização desses imóveis e a partir de hoje, em parceria com o Incra, o Interpi e a ADH, farão a entrega de 12 mil títulos e até o fim do ano pretendem regularizar a situação de mais 40 mil títulos de registro de imóvel.


Dez concorrentes

Hoje (13) será divulgada a lista com as candidaturas para conselheiro do TCE-PI. A Comissão da Assembleia Legislativa informou dez nomes: Flávio Nogueira Júnior (PDT), Zé Santana (MDB), Flora Izabel (PT), Wilson Brandão (Progressistas), o advogado Thiago Normando; o contador Roosevelt Figueiredo; o procurador do Município de Teresina, Ricardo Teixeira; o auditor do TCE, José de Jesus Cardoso; o promotor de Justiça, Flávio Teixeira de Abreu Júnior e a advogada Nayara Negreiros.


Votação secreta

A eleição para conselheiro do TCE-PI foi marcada para acontecer no dia 16, quinta-feira, em eleição com votação secreta no plenário da Assembleia Legislativa. Quatro deputados da base de sustentação política do Governo concorrem a vaga deixada pelo conselheiro aposentado, Luciano Nunes.


Pontos críticos

O diretor geral do DER-PI, Castro Neto, informou que o Piauí têm 6.600 Km de estradas asfaltadas em 223 municípios, apenas a cidade de Morro Cabeça no Tempo ainda falta fazer a ligação por asfalto e o DER-PI pretende entregar essa obra até dezembro. Segundo Castro Neto, há 20 anos eram apenas 64 municípios interligados por 1.500 Km de asfalto. Ainda temos 3 mil Km de asfalto em rodovias federais no Estado.


Plano de conservação

Castro Neto revelou que está em execução um plano de conservação que vai atender inicialmente aos 270 Km de pontos críticos nos principais trechos das rodovias. E depois fazer mais 2 mil Km de rodovias nos doze territórios do estado. Ao todo o plano prevê um custo de R$ 800 milhões para serem aplicados nas rodovias estaduais em todo o Piauí. Os recursos são oriundos do Tesouro Estadual e das emendas parlamentares. 



VOZ DO PODER

"O contrato já estabelece algumas regras a serem observadas, tanto no critério do processo regular, para aferição dos descumprimentos, como para as medidas que poderão ser adotadas, como, por exemplo, a intervenção. Tudo isso aí vai acontecer respeitando esse rito. Mas será iniciado se houver a recusa dos empresários para as contrapostas apresentadas pelo prefeito. Então, a ideia é que se as condições normais se fizerem presentes, teremos essa retomada do usuário ao sistema e, consequentemente, um número maior de veículos para que o transporte aconteça”, destacou o superintendente da Strans, Claúdio Pessoa, falando sobre uma alternativa para o fim da crise nos transportes de Teresina.






LEIA TAMBÉM

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Guia Comercial

Veja nossos Planos

Classificados

Anuncie Grátis

Publicidades

Fale Conosco