• Teresina, 27/10/2021
  • Tempo Hoje: 26° | 26°
Publicidade
Publicidade

OAB PIAUÍ realizará workshop sobre empreendedorismo na advocacia

O evento acontecerá em dois dias, será online e totalmente gratuito


OAB PIAUÍ realizará workshop sobre empreendedorismo na advocacia

A OAB/PI, através da Escola Superior de Advocacia (ESA Piauí), realizará nos dias 07 e 09 de junho, o workshop “empreendedorismo na advocacia”, que tem por objetivo desenvolver o exercício da advocacia e incentivar o empreendedorismo na área. As inscrições já estão abertas e os interessados poderão se inscrever através do link disponível no endereço eletrônico: http://www.oabpi.org.br/esapi/cursoseventos. O workshop tem carga horária de 3h, é totalmente gratuito e será transmitido através do canal da ESA Piauí no Youtube, às 20h.

“O evento é voltado para o desenvolvimento de carreira de advogadas e advogados, experientes ou em início de carreira, bem como estudantes de Direito interessados em compreender a logística do mercado de trabalho da advocacia, no Piauí e outros estados, de modo a incentivar o empreendedorismo entre os profissionais”, destaca Campelo Filho, organizador e ministrante do workshop, que terá também a participação do advogado e empreendedor, Geofre Saraiva.

Segundo Campelo Filho, a programação incluirá abordagens desde a escolha pelo curso de Direito e a decisão por advogar, passando pelos desafios do mercado, relacionamento com o cliente, comportamento ético, ambiente de trabalho com o advento da internet e das mídias sociais, a fixação de honorários advocatícios, a publicidade versus o marketing jurídico, dentre outros assuntos de interesse dos profissionais da área.

“Será um bate-papo, um compartilhamento de informações e aprendizados nesses 25 anos de atuação no Piauí e em outros estados do país, inclusive, vamos falar sobre os efeitos da pandemia na carreira e o futuro da advocacia pós-pandemia”, diz o advogado.

Pesquisa DATAFOLHA mostra alcance do uso da tecnologia na advocacia

Pesquisa realizada pelo Instituto DataFolha, divulgada nesta semana, mostra o impacto do uso da tecnologia na advocacia e revela novas formas de trabalhar de uma classe que conta com mais de 1,2 milhão de profissionais. De acordo com os dados, dois terços da advocacia do país, (68%) aprovam a realização de teleaudiências. Outros 22% consideram a introdução das teleaudiências como regular, e 10%, como ruim ou péssima.

O Datafolha mostra ainda que 45% dos advogados dizem usar algum software de gestão de processos. Entre os advogados autônomos o percentual é menor (40%) que entre os advogados que trabalham em escritórios (52%).

De acordo com Lara Selem, que é presidente da Comissão de Gestão, Empreendedorismo e Inovação da OAB Nacional e consultora, os programas de gestão de processos são importantes não só para gerenciar os casos em andamento como também para o planejamento estratégico e a organização financeira do escritório.

Já em relação ao uso de inteligência artificial o percentual cai para 29% e apenas cerca de um quarto dos entrevistados disse usar jurimetria, ou seja, aplicação de modelos estatísticos para a análise de processos.

Ainda sobre as teleaudiências, 80% dos entrevistados disseram já ter participado de alguma sessão desse tipo. Para 82% das advogadas e advogados brasileiros, o uso das ferramentas de videoconferência deve ser ampliado pelo Judiciário após o fim da pandemia.

O tema sobre o contato pessoal ser ou não imprescindível para os atos processuais dividiu a categoria. Enquanto 52% dos entrevistados concordaram totalmente ou em parte com a ideia de que os atos presenciais são fundamentais, 47% discordaram totalmente ou em parte.

A pesquisa mostra ainda que a maioria (54%) discorda da afirmação de que "teleaudiências não funcionam porque a maioria dos clientes não possuem conexão à internet e equipamentos tecnológicos suficientes para participar".

O levantamento mostrou também que é alta a confiança na segurança dos processos eletrônicos dos tribunais. A taxa dos que disseram confiar muito foi de 63%, enquanto 30% dos entrevistaram afirmaram confiar um pouco, e 4% relataram que não confiam.

A pesquisa Datafolha foi realizada por telefone entre os dias 26 de fevereiro e 8 de março e ouviu 303 advogados, das cinco regiões do país. Os resultados foram ponderados por sexo, idade e região, conforme os dados do quadro da advocacia da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). ​ O levantamento foi encomendado no âmbito da FolhaJus, iniciativa do jornal Folha de São Paulo voltada para os assuntos do mundo jurídico. (Folha Uol)

Proposta sobre publicidade para advogados será votada em junho

O Conselho Federal da OAB adiou a votação da proposta com novas regras sobre publicidade para advogados para a sessão do Pleno que será realizada em junho. A data ainda não está definida e até lá, os conselheiros federais terão prazo para analisar as propostas e avaliar a possibilidade de ajustes no texto.  A nova proposta visa atualizar o provimento 94/2000 e reúne o trabalho de mais de dois anos de audiências públicas e de consulta à advocacia em todas as seccionais do país. A decisão pelo adiamento se deu durante reunião virtual realizada no último dia 18 de maio.

Dentre as mudanças apresentadas no novo texto está a redução das restrições para publicidade nas redes sociais e o uso de Google ads, ferramenta de anúncios da plataforma de busca. O texto também autoriza o impulsionamento e patrocínio de postagens, desde que sem oferta de serviços. Além disso, o projeto estabelece maior flexibilidade quando se tratar de divulgação de conteúdos jurídicos e técnicos.

"A produção e divulgação de conteúdo e assuntos técnicos ou jurídicos é compreendida como uma estratégia de marketing permitida. Exatamente por ser a advocacia indispensável à justiça, também cabe a ela, além de defender os direitos de nossos constituintes, fomentar e viabilizar o acesso à informação e ao conhecimento. Em especial para a Jovem Advocacia, já que a forma da comunicação atualmente é por meio das redes sociais e a divulgação de conteúdo é a forma pela qual conseguem se consolidar no mercado", explica o coordenador do Grupo de Trabalho da Publicidade do Conselho Federal da OAB, Ary Raghiant Neto. (Conjur/Oab)

OAB no Guinness

 

A OAB Nacional e a Escola Superior de Advocacia (ESA Nacional) receberam a titulação do Guinness World Records (Livro dos Recordes) em reconhecimento à realização do “I Congresso Digital Nacional da OAB - Repercussões Jurídicas e Sociais da Pandemia de Covid-19”, como o maior congresso virtual da área jurídica realizado no período de uma semana. O evento aconteceu em julho de 2020, e teve mais de 115 mil inscritos, mais de 160 painéis e mais de 700 palestrantes voluntários. A cerimônia certificadora aconteceu no último dia 26 e foi transmitida pelo canal da ESA Nacional no YouTube. (oab)



Campelo Filho - Mestre e Doutor em Direito. Pós-doutorando pela Università Mediterranea di Reggio Calábria- Itália. Professor da Escola da Magistratura do Estado do Piauí. Advogado empresarial. Conferencista. Autor de livros e artigos científicos. 





LEIA TAMBÉM

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Guia Comercial

Veja nossos Planos

Classificados

Anuncie Grátis

Publicidades

Fale Conosco