Falta de recursos causa demissão em massa na Serra da Capivara
Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
27/07/2018 - 09:24 hs

Falta de recursos causa demissão em massa na Serra da Capivara

Mais de 50 pessoas que trabalhavam na manutenção do local tiveram que ser desligadas

A falta de recursos causou a demissão em massa de dezenas de funcionários no Parque Nacional Serra da Capivara, no Sul do Piauí. De acordo com a diretora da Fundação Museu do Homem Americano (FUMDHAM), Niède Guidon, mais de 50 pessoas que trabalhavam na manutenção do local tiveram que ser desligadas, nesta quinta-feira (26).


Segundo Niède Guidon, uma parte dos recursos destinados à manutenção do parque, como para pagamento dos funcionários, está retida aguardando liberação da Justiça.

"Nós temos esse recurso que foi conseguido pela OAB, mas o juiz entrou de férias e não fez a liberação, agora não temos como pagar os funcionários e tivemos que demitir", informou a arqueóloga.


O recurso é resultado de uma longa batalha judicial iniciada pela Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Piauí, e Ministério Público Federal (MPF) para garantir a manutenção do parque. A ação resultou no bloqueio de mais de R$ 3 milhões de contas da União, dos quais a Justiça Federal determinou a liberação de R$ 782.485, em caráter emergencial, para suprir despesas com pessoal, materiais de consumo e infraestrutura.

O parque, que chegou a operar com mais de 250 funcionários, atuava antes da demissão com cerca de 70 pessoas. Embora com efetivo limitado, a diretora da FUMDHAM garante que o funcionamento do local está mantido. “As guaritas de visitação ainda estão funcionando por enquanto", afirmou Niède Guidon.

 

Informações Portal SRN

 

 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*