Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
10/08/2017 - 11:02 hs

Nordeste é a região que mais aproveita potencial turístico, diz pesquisa

Uma série de trabalhos tem sido feita para divulgar os atrativos brasileiros

Por Cristiane Ribeiro
Nordeste é a região que mais aproveita potencial turístico, diz pesquisa
Arquivo/ MTur

O potencial do Nordeste para a atividade turística foi avaliado como alto ou muito alto por 44,2% dos nordestinos. Seus moradores são os que mais reconhecem o valor de sua região para o setor, seguidos pelos moradores das regiões Sudeste (42,3%), Sul (32,6%) e Centro-Oeste e Norte (32,2). O estudo foi encomendado pelo Ministério do Turismo.

A pesquisa revela ainda que 8 em cada 10 brasileiros acreditam que o potencial turístico do País é de médio para muito alto. Se a questão é aproveitar o potencial, novamente para os entrevistados, o Nordeste desponta, com 39,6%. Em segundo lugar, aparece o Norte e Centro-Oeste (32,7%), seguido do Sudeste (32,3%) e Sul (20,1%).

“O Ministério do Turismo tem realizado uma série de ações para investir na infraestrutura dos destinos nacionais, assim como na qualificação de quem está na linha de frente do atendimento ao turismo. Queremos posicionar o Brasil entre os grandes destinos mundiais”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Uma série de trabalhos tem sido feita para divulgar os atrativos brasileiros. Em maio deste ano, foi a vez da Amazônia, com a campanha “Descubra uma nova Amazônia”. O objetivo na ocasião era gerar identificação, apresentando a multiplicidade da região.

A pesquisa foi realizada de 17 a 23 de março de 2017 pelo Instituto FSB Pesquisa. Foram ouvidas 2.002 pessoas com mais de 16 anos em todas as regiões do País.

Dunas de Carimã. Foto: Roberto Castro

Fonte: Portal Brasil

 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*