Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
05/12/2017 - 13:14 hs

Sindicatos protestam contra a reforma da previdência

Motoristas e cobradores de ônibus pararam de circular por duas horas, os passageiros tiveram que descer dos ônibus.

Por Lucas Pereira
Sindicatos protestam contra a reforma da previdência
Sindicatos realizaram protestos / fotos: Pedro Silva

Movimentos sindicais ligados à Central Única dos Trabalhadores (CUT) realizaram manifestação na manhã desta terça-feira (05), pelas ruas do centro de Teresina contra a reforma da previdência.

Aderiram à paralisação, os servidores municipais da educação, Strans, Correios e técnicos da Universidade Federal do Piauí.

Os manifestantes que se concentraram em frente à Prefeitura de Teresina carregavam cartazes contra os parlamentares federais do Piauí que votaram a favor da reforma trabalhista.

Motoristas e cobradores de ônibus pararam de circular por duas horas, os passageiros tiveram que descer dos ônibus, o que deixou o trânsito caótico no centro.

Paulo Bezerra, presidente da CUT no Piauí, informa que o movimento não questiona apenas a reforma trabalhista, mas também contra propostas de privatizações enviadas pelo governo Michel Temer ao Congresso Nacional.

“Não podemos deixar de protestar contra as pautas de privatizações e contra a reforma da previdência. O governo Michel Temer tem o congresso todo a favor dele, ele pode fazer o que quer com o Brasil”, afirma.

 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*