Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
11/02/2019 - 17:19 hs

Projeto de PPP do Porto de Luis Correia será apresentado nesta terça (12)

O primeiro roadshow para apresentar ao mercado e sociedade em geral será no auditório da Secult. A previsão de investimento em obra está orçada em R$ 258,2 milhões

O primeiro roadshow do projeto de PPP para o Porto de Luis Correia será realizado nesta terça-feira (12), às 9h, em Teresina, no auditório Sulica, localizado na sede da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). O governador Wellington Dias e a superintendente de Parcerias e Concessões do Estado, Viviane Moura, apresentarão o projeto para empresários e à sociedade em geral.

De acordo com a superintendente, esta etapa é de crucial importância e complexa. "O roadshow do projeto Porto Luis Correia é um momento muito importante para que a gente possa apresentar para o mercado e sociedade em geral o resultado dos estudos, principalmente os estudos técnicos de engenharia, estudo ambiental e estudo de demanda, que aponta viabilidade do porto", explicou Viviane Moura.

A proposta do Governo do Estado do Piauí em realizar parceria com o setor privado para a execução das obras, operação e exploração do Porto de Luís Correia tem como objetivo a retomada e finalização dessa importante obra, fundamental para gerar ao estado ganhos de produtividade, mais crescimento econômico e contribuição para acelerar o desenvolvimento. A previsão de investimento em obra está orçada em R$ 258,2 milhões. Para isso, é necessária uma etapa preliminar de prospecção de mercado.

"Os roadshows são as oportunidades que temos para prospectar parceiros privados interessados em participarem do projeto, em especial dessa etapa que é a de instalação. O segundo roadshow será dia 13 de fevereiro, na Abdib, em São Paulo. Depois fazemos mais uma etapa em São Paulo e uma missão a Parnaíba, levando os empresários interessados. É bom reforçar que um projeto que trata de porto é complexo, em que demanda muito capital e investimento em obra, mas que só se viabiliza se tiverem os operadores de terminais, ou seja, vários parceiros privados que tenham interesse em instalar negócios dentro das instalações portuárias, por isso a importância dessa etapa de prospecção comercial", finaliza Viviane Moura.

 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*