Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
09/01/2019 - 11:29 hs

Prefeitura não tem orçamento para transporte público

Por Luciano Coelho

O Prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), afirmou que a capital do Piauí é onde o estudante paga a menor passagem no Brasil. Aqui, segundo o prefeito, o estudante na paga meia passagem, paga um terço do valor.  O valor era de R$ 1,15 quando a passagem era R$ 3,60. E agora será, a partir de amanhã, R$ 1,28 com a passagem em R$ 3,85. Para os empresários do setor, o restante da passagem deveria ser subsidiada e paga pela Prefeitura de Teresina, mas alegam que passaram o ano de 2018 inteiro sem receber um centavo desse subsidio. Um dos empresários ainda disse que a Prefeitura está pagando um pouco mais de R$ 400 mil por mês para as empresas do sistema de transporte, referentes aos anos de 2015, 2016 e 2017, por determinação judicial. Nessa conta, o valor subsidiado de meia passagem, gratuidade e pelo sistema de integração, no ano passado, seria de R$ 18 milhões, algo em torno de R$ 1 milhão por mês. Mas não tem rubrica no orçamento geral do Município para subsidiar o transporte público. Não existe essa previsão no orçamento para que a Prefeitura possa pagar a diferença no valor da tarifa.


Mais recursos

O senador Ciro Nogueira, presidente do Progressistas, respondeu as especulações de que teria menos prestigio no Governo Federal. O partido de Ciro indicava três ministérios e a presidência da Caixa Econômica. Ele afirmou que se vai ter menos prestigio não sabe, mas vai continuar trabalhando e atuando para buscar mais recursos para o Piauí.


Recomposição

O PTB está em crise e o deputado Nerinho disse que não pretende ficar para apagar a luz num partido que estaria se acabando. Ele defende o retorno do ex-senador João Vicente Claudino à direção do partido, alegando que o PTB está definhando no Estado e precisa se recompor. Nerinho não acredita que isso aconteça sob a direção do deputado Paes Landim.


Entendimento

O governador Wellington Dias voltou a dizer que está em busca de um consenso e do entendimento em relação as eleições para a mesa diretora da Assembleia Legislativa. Wellington tem conversado individualmente com os deputados sobre a eleição e sobre a reforma administrativa que vai ser encaminhada para a Casa.


Municípios

Os prefeitos de vários municípios estão promovendo demissões de comissionados e terceirizados e outros cortes para fazer as adequações nas finanças municipais no intuito de tentar equilibrar o caixa. O fato é que isso tem gerado revolta em muitas cidades. Por falar em prefeitos, a nova presidência da APPM assume amanhã às 10 horas, em solenidade na sede da associação.


Homologação

O concurso dos cartórios, que se arrasta desde 2013, está na sua fase final. Segundo informações da comissão do concurso no Tribunal de Justiça, que está recebendo os títulos dos candidatos aprovados, o concurso deve ser homologado até o final do mês de fevereiro.


VOZ DO PODER

“Estamos igual aos terceirizados no governo do Estado, trabalha, presta serviço, mas não recebe. As empresas de ônibus estão rodando, transportando passageiros, mas não recebe. Se a Prefeitura quiser e pagar, podemos até transportar de graça”, comentou um empresário de ônibus, que pediu reservas sobre seu nome, falando sobre o aumento e o subsídios nas passagens de ônibus em Teresina.


 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*