Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
05/12/2018 - 17:19 hs

LDO será apreciada na Comissão de Finanças na quarta-feira

Segundo informou o presidente da comissão, deputado Nerinho, a votação final da LDO deve acontecer no próximo dia 20. E na próxima terça-feira, ocorrerá reunião conjunta das comissões de Constituição e Justiça, Finanças e de Administração

O presidente da Comissão de Finanças, deputado Nerinho (PTB), afirmou que o relatório da Lei Orçamentária do Estado para 2019 deverá ser apresentado e votado na Comissão de Finanças na próxima quarta-feira, ficando pronto para ser encaminhado ao plenário, onde ocorre a votação final, no dia 20 de dezembro. 

“O nosso relatório está pronto e deveria ter sido votado hoje (05). Mas, como apareceram umas demandas do Ministério Público e do Poder Judiciário resolvemos dar mais um prazo até a próxima reunião”, disse.

Segundo o deputado, continuam abertos ainda os prazos para que os deputados apresentem emendas ao Orçamento e isso possibilita uma ampliação da discussão. “As matérias oriundas da reunião conjunta das comissões que será realizada na próxima terça-feira já serão incluídas na nossa reunião de quarta-feira”, afirmou.

A demanda do Tribunal de Justiça trata da lei dos subsídios dos magistrados do Piauí e a do Ministério Público dispõe sobre os subsídios dos promotores e procuradores com o escalonamento das gratificações de acordo com a comarca à qual estão vinculados.

Comissões farão reunião conjunta na próxima terça-feira

As comissões de Constituição e Justiça, Finanças e de Administração farão uma reunião conjunta na próxima terça-feira para apreciar uma série de processos que estão sendo avaliados pelos deputados em fase de relatoria ou de pedido de vistas.

A medida visa acelerar a pauta para que as matérias possam ser votadas em plenário na próxima semana. O pedido para que a reunião aconteça foi feito hoje (05) pelo líder do Governo, deputado Francisco Limma (PT). Ele alega a necessidade de apressar a tramitação diante da proximidade do recesso.


 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*