Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
05/12/2018 - 14:53 hs

Palmeiras monitora Abel, após convite a Felipão

O Verdão está de olho na situação do Abel por causa do convite feito pela Colômbia a Luiz Felipe Scolari

Por Yago Machado

Santos sabe da concorrência do Flamengo para contar com Abel Braga em 2019, mas um segundo e forte rival pode pintar nessa disputa: o Palmeiras. 

O Verdão está de olho na situação do Abel por causa do convite feito pela Colômbia a Luiz Felipe Scolari, o Felipão. Se a resposta for sim, o técnico ex-Fluminense seria um possível substituto. A tendência, porém, é da permanência no Brasil. O presidente Maurício Galiotte afirma que não “trabalhará com suposições”.

“Já conversei com o Alexandre [Mattos] e tenho uma ideia: só preciso que o presidente contrate uns dois, três jogadores que indicamos, porque perdemos o Willian, que é uma grande referência e precisamos repor”, ressaltou o técnico, nesta terça-feira, durante participação no Troféu Mesa Redonda, promovido pela TV Gazeta.

Resultado de imagem para felipao

“Vamos ver nos próximos dias se a gente tem alguma novidade para repor essa peça de velocidade pelos lados de campo, que é tão importante. Possivelmente vamos estar juntos no ano que vem para ganharmos mais coisas”, completou.

O Palmeiras procurou Abel Braga em julho, após a demissão de Roger Machado. O treinador, depois da saída do Fluminense, optou por descansar e só assumir qualquer equipe em 2019. Na sequência, o escolhido foi Felipão.

Abel é a preferência do Santos, mas o presidente José Carlos Peres quer uma definição rápida e não pretende esperar a eleição no Flamengo, marcada para o próximo sábado. O técnico, em contrapartida, planeja aguardar o pleito e a decisão de Felipão para confirmar seu futuro.












Gazeta Esportiva

 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*