Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
03/12/2018 - 16:55 hs

Atlético-MG pede Guerra e Scarpa por Marcos Rocha

O técnico Levir Culpi informou que a equipe terá grandes mudanças rumo a um 2019 “legal”

Por Yago Machado

O Atlético deve ter uma boa reformulação em seu elenco. O técnico Levir Culpi informou que a equipe terá grandes mudanças rumo a um 2019 “legal”. Para isso, o clube mineiro conversa com o Palmeiras a situação de Marcos Rocha.

O jornalista Heverton Guimarães, da Band, informou e a Gazeta Esportiva confirmou que o Galo já trata com o Verdão as possibilidades. Uma delas é a liberação de Alejandro Guerra em definitivo e Rodrigo Scarpa, por empréstimo com direitos fixados.

Em primeiro momento, a Palmeiras, através de Alexandre Mattos que guia os papos, se assustou. A agremiação paulista não esperava tão alta pedida. O assunto começou porque o Verdão espera não gastar mais dinheiro na posição, já que comprou Mayke junto ao Cruzeiro, e não gostaria de perder mais dinheiro. Por isso, a ideia de gastar suas moedas de troca.

Resultado de imagem para marcos rocha

A maneira mais simples de resolver a questão é comprar o jogador nos moldes que o contrato foi feito. Rocha foi ao Palmeiras por empréstimo no início de 2018 e o contrato garante que, caso o clube alviverde deseje a sua permanência, precisa gastar 2 milhões de euros (R$ 8,6 milhões).

O desejo de Rocha é não voltar ao Galo. Em entrevista ao portal Lance, o jogador disse que sua história com o Atlético-MG já tem um ponto final. “O pessoal já sabe a minha vontade. Tenho uma linda história dentro do Atlético, sou muito grato ao Atlético por tudo que fizeram por mim e pela minha carreira. Mas, no ano passado, quando optaram pelo meu empréstimo, senti que foi um ponto final que colocaram na minha história. Eu tinha outros pensamentos vestindo a camisa do Atlético, e todos lá sabiam, mas, naquele momento, ninguém respeitou”, finalizou.














Gazeta Esportiva

 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*