Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
08/11/2018 - 10:28 hs

Teresina é a 2º capital do país que mais oferece espaços de lazer para práticas esportivas

O ranking foi elaborado pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Por Lucas Pereira
Teresina é a 2º capital do país que mais oferece espaços de lazer para práticas esportivas
THE é a 2º capital do país que mais oferece lazer / foto: PMT

A primeira edição do Ranking das Capitais Brasileiras Amigas da Atividade Física, divulgada neste mês pela revista online Saúde, revela que Teresina é a segunda capital do Brasil que mais oferece acesso a espaços de lazer que favorecem a prática de atividades físicas. Nesse item de avaliação da pesquisa, Teresina aparece atrás apenas de Vitória (ES) e na frente de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. 

O ranking foi elaborado pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), que, no item no qual Teresina se destaca, levaram em consideração a porcentagem de casas com árvores ao redor e número de instalações esportivas por 100 mil habitantes. No estudo, os pesquisadores também apresentam uma lista de fatores que tornariam uma cidade perfeita para atividade física, muitos deles encontrados em Teresina, como por exemplo, quadras e outras instalações esportivas; ruas arborizadas; escolas com quadras e materiais esportivos; parques públicos com equipamentos para exercícios físicos e programas públicos de promoção da atividade física. 

Em Teresina, um dos programas públicos de maior destaque é o Academias Populares, que utiliza as praças da cidade para instalação de equipamentos de musculação e ginástica. Atualmente, funcionam 42 academias nos bairros de todas as regiões da capital. Além disso, apenas nesse segundo semestre de 2018, Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) e a Fundação Municipal de Saúde (FMS) devem entregar mais 80 academias. 

Uma característica peculiar com relação ao público teresinense que frequenta as academias populares é que a maior parte é formada por idosos. De acordo com o secretário da Semel, Renato Berger, as academias populares fazem parte das ações para melhorar a saúde, a qualidade de vida e o estímulo para a atividade física dos moradores, principalmente dos idosos. Ele acrescenta que, durante as atividades diárias, os frequentadores desses espaços contam com professores de educação física e estagiários que são responsáveis para orientar a prática dos exercícios. 

Arborização

Áreas arborizadas são frequentemente utilizadas por quem pratica atividade física. E tornar a cidade mais agradável à população através do aumento da quantidade de árvores é uma preocupação da Prefeitura, que devolve várias ações de distribuição e plantio de mudas pela cidade por meio do projeto Teresina Mais Verde. 

A capital conta com três viveiros municipais que possuem a capacidade de produção anual de 100 mil mudas de plantas nativas e frutíferas. Todas elas destinadas à doação. Além disso, o Caminhão do Verde é uma ação que beneficia as pessoas que não têm como se deslocar até os viveiros para pegar as mudas, fazendo as entregas nos bairros da cidade.  

Clóvis Freitas, coordenador de arborização da cidade, acrescenta que a equipe de arborização realiza também ações frequentes de plantio de mudas em espaços públicos e diversas instituições públicas e privadas. 

Ranking geral 

O levantamento completo do Ranking das Capitais Brasileiras Amigas da Atividade Física leva em consideração cinco principais fatores: Acesso a espaços de lazer; Acesso a transporte público; Desenho urbano; Estrutura viária para a atividade física; e Mortes no trânsito e criminalidade. Desse modo, no resultado geral, Teresina também aparece em posição de destaque, ficando em 12º lugar entre as capitais que mais favorecem a prática de atividades físicas. Em primeiro está a cidade de São Paulo.


 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*