Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
07/11/2018 - 14:08 hs

Fluminense pega Atlético-PR pelas semifinais

Os dois times lutam para chegarem à final e enfrentarem um colombiano, Independiente Santa Fe ou Junior de Barranqüilla, que jogam na outra semifinal

Por Yago Machado

O confronto brasileiro nas semifinais da Copa Sul-Americana começa nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), quando Atlético-PR e Fluminense se enfrentam na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Os dois times lutam para chegarem à final e enfrentarem um colombiano, Independiente Santa Fe ou Junior de Barranqüilla, que jogam na outra semifinal. O Tricolor carioca nunca conquistou um título continental do porte deste torneio ou da Libertadores. O mesmo vale para os paranaenses.

Vice-campeão em 2008, quando foi derrotado na final pela Liga Deportiva Universitaria, a LDU do Equador, o Fluminense está em um romance com a sua torcida por conta da possibilidade de dar uma volta olímpica continental.

“Estamos trabalhando voltados para a conquista do título e por isso mesmo estamos confiantes de que podemos fazer mais uma grande partida no torneio fora de casa, a exemplo do que aconteceu na semana passada contra o Nacional do Uruguai”, disse Marcelo Oliveira, comandante do Fluminense.

O treinador do Tricolor se refere à classificação conquistada no Uruguai, onde o time derrotou o Nacional por 1 a 0, após empate por 1 a 1 na ida. O Furacão despachou o Bahia nos pênaltis, após ambos os times ganharem por 1 a 0 como visitantes.

Tiago Nunes, treinador do Furacão, espera que sua equipe sofra menos em casa diante do Fluminense, pois tem a exata noção de tudo o que pode representar para o Atlético-PR a conquista deste título.

“A conquista da Copa Sul-Americana é algo muito importante para o Atlético Paranaense, como clube, e para a nossa equipe, o nosso elenco, que sabe tudo o que está tendo que enfrentar em termos de dificuldades para conquistar bons resultados. A torcida com certeza está muito feliz e vai nos apoiar muito. Precisamos ser eficientes em casa”, disse o treinador do Furacão.

Os tricolores também entendem que o resultado de ida é importante, mas lembram que o fundamental é tentar levar a decisão para o Rio de Janeiro, onde ambos se reencontrarão no dia 28 de novembro.

“Trata-se de uma decisão, mas em cento e oitenta minutos, e a partida de volta será na nossa casa. Temos que ter equilíbrio e inteligência para lidarmos com esta situação”, alertou o volante Richard.

Em termos de escalação o Furacão, que poupou quase todo o time no final de semana na polêmica derrota diante do Internacional, contará com força máxima e tem apenas uma dúvida de ordem técnica no meio-de-campo, onde os volantes Wellington e Bruno Guimarães disputam posição. O técnico Tiago Nunes contará com retornos importantes, como o goleiro Santos, o meia Lucho González, o lateral Jonathan e o principal nome na arrancada iniciada após a Copa do Mundo, o atacante Pablo.

O treinador atleticano, irritado com as arbitragens brasileiras, confirma que aposta todas suas fichas na Sul-americana, competição pela qual, aliás, o time conseguiu equilibrar um bom aproveitamento tanto em casa como fora, como visitante.


“A única chance que temos de conquistar uma vaga na Libertadores será via Conmebol. Pelo Campeonato Brasileiro é muito difícil porque estamos perdendo pontos não só fora de casa para os adversários, mas também para as arbitragens”, avaliou.

Para este jogo o Fluminense tem uma dúvida na lateral direita. Recuperado de estiramento muscular na coxa direita, Léo pode reaparecer na equipe. Se ele for vetado, Igor Julião, inscrito para esta fase, assume o posto. O certo é que o volante Aírton, improvisado no setor na semana passada, contra o Nacional, fica como opção no banco de reservas. 20

As duas equipes duelaram duas vezes este ano pelo Campeonato Brasileiro. No primeiro turno o Fluminense fez 2 a 0 no Maracanã, com gols de Marcos Júnior e Thiago Heleno, contra. O Furacão deu o troco na Arena da Baixada e venceu por 3 a 1. Léo Pereira, Raphael Veiga e Pablo anotaram para os paranaenses, com Luciano descontando.




















Gazeta Esportiva












 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*