Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
11/10/2018 - 6:27 hs

Eleito deputado, Alexandre Frota pode ser preso por dever mais de R$ 60 mil de pensão

Processo em segredo de Justiça foi movido pelo filho Mayã

Por Cristiane Ribeiro
Eleito deputado, Alexandre Frota pode ser preso por dever mais de R$ 60 mil de pensão
Foto: Divulgação

O deputado federal Alexandre Frota, 54, eleito por São Paulo no último domingo (7),  está enfrentando um processo movido por seu filho, Mayã Frota, 18, que envolve uma alta dívida com pensão alimentícia.

A dívida, segundo o jornal Extra, estaria em torno de R$ 60 mil –o valor inicial era de R$ 9.176,24, mas foi acrescido de juros e correção pela inadimplência do ator. Ainda segundo a reportagem, Frota pode ser preso caso não pega a quantia nos próximos três dias. 

De acordo com o Código Eleitoral, nenhuma pessoa ser presa entre cinco dias antes do pleito e em até 48 horas após o encerramento da eleição. O processo entra em uma nova fase com o término do prazo, que se encerrar por volta da meia-noite desta terça (9). O processo corre em segredo de Justiça.

No domingo à tarde (7), após a divulgação do resultado das eleições, Mayã, criticou o fato de o pai ter sido eleito. Ele ainda afirmou que foi bloqueado pelo pai nas redes sociais. "Sou filho de um ex-ator pornô, ex-viciado em cocaína, que defende a família, mas queria me abortar. Como ele virou atual deputado federal de São Paulo, eu não sei", afirmou Mayã, em mensagem no Twitter. 

O rapaz de 18 anos é filho da personal trainer Samantha Lima Gondim, que foi namorada de Frota na década de 1990. Há três anos, Mayã foi entrevistado pelo site Ego, e disse que sonhava seguir a carreira de modelo. Na ocasião, ele disse que não tinha contato com o pai desde 2013. 


F5


 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*