Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
10/10/2018 - 17:47 hs

Lojistas do Piauí Center Modas vão dispor de linha de crédito

O objetivo da parceria realizada entre o Governo, Banco do Nordeste e Sebrae é que os lojistas possam ter crédito para expandir seus negócios

Com o objetivo de apresentar linhas de crédito para os micro e pequenos empresários do Piauí Center Modas, a Superintendência de Parcerias e Concessões realizará amanhã (11) às 9h no auditório da SEADPREV o evento Capital Descomplicado: Parcerias para Expandir Negócios em parceria com o Banco do Nordeste e o SEBRAE – PI.

O evento foi pensado a partir de reunião realizada entre a Superintendência de Parcerias e Concessões e a Superintendência do Banco do Nordeste no Piauí. “O objetivo principal é construir a ponte entre quem precisa do crédito e quem tem o dinheiro para emprestar. O BNB tem uma linha de financiamento dentro do FNE específica para micro e pequenos empresários. Como o projeto de Concessão do Piauí Center Modas conta com a participação majoritária de lojistas que trabalham com produção própria e que precisam de capital para melhorar e expandir seus negócios, e em razão de termos percebido o interesse do BNB em apoiar os empreendedores locais e do SEBRAE em ajudar no processo de capacitação e qualificação do pessoal envolvido em nossos projetos de PPP, foi que surgiu a ideia de realizar esse evento”, explica a Superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura.

Esse evento se integra ao plano de concessão do Piauí Center Modas, que será um shopping vocacionado para fomentar o setor têxtil piauiense. A concessão prevê a reforma, expansão, modernização, exploração, operação e manutenção do Piauí Center Modas através de investimentos do setor privado, estimados em 11,9 milhões. Atualmente, o Piauí Center Modas conta com 134 lojas, mas apenas 60 delas estão em funcionamento.

“O Piauí Center Modas vai passar por um processo de ampla repaginação e requalificação e isso faz com que eles (lojistas) precisem necessariamente de recurso para avançar junto com esse novo modelo, por isso viabilizamos o evento. Em parceria com o SEBRAE também queremos aliar capital e qualificação para que eles melhorem a forma de atuação no mercado local e regional e que seus negócios prosperem.” finaliza a Superintendente Viviane Moura.

O FNE financia investimentos de longo prazo e, complementarmente, capital de giro ou custeio. Além dos setores agropecuário, industrial e agroindustrial, também são contemplados com financiamentos os setores de turismo, comércio, serviços, cultural e infraestrutura.


 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*