Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
10/10/2018 - 13:18 hs

Japão vence a Sérvia e complica a vida do Brasil no Mundial

Seleção brasileira, agora, precisa vencer por 3 sets a 0 para avançar à terceira fase

Por Yago Machado

A vitória contra a Holanda não bastava. Para aumentar as chances de avançar à terceira fase do Mundial, o Brasil precisava torcer contra as donas da casa um pouco depois. Não deu certo. Na noite desta quarta-feira, no horário de Nagóia, o Japão venceu a Sérvia, já classificada, por 3 sets a 1, parciais 15/25, 25/23, 25/23 e 25/23, e complicou a vida da seleção no Mundial. Com o resultado, o Brasil tem a obrigação de vencer o Japão por 3 sets a 0 nesta quinta-feira, às 7h20 (horário de Brasília), para avançar. O SportTV 2 transmite a partida ao vivo.

Apenas três seleções avançam à terceira fase. Em quarto lugar na tabela, com 18 pontos e seis vitórias, o Brasil precisa vencer por 3 a 0 para se igualar às japonesas na classificação. Assim, levaria a decisão para o saldo de pontos. Como tem um saldo melhor que as asiáticas, garantiria a vaga. Mas, se perder um set, leva a pior no saldo de sets, mesmo em caso de vitória na partida. Assim, daria adeus ao Mundial. A teceira fase será disputada também em Nagóia, entre os dias 14 e 16 de outubro.


Havia o medo de que o técnico Terzic Zoran pudesse mandar seu time reserva à quadra. No início, com o time quase completo - Boskovic entrou em quadra, mas deu lugar a Bjelica por dores no abdômen, venceu o primeiro set com facilidade. Depois, porém, passou a poupar suas principais jogadoras, Ognejnovic e Rasic. Foi o sinal para a derrota. Até este jogo, as sérvias sequer haviam perdido sets na competição.

Brasil comemora vitória contra as holandesas — Foto: Divulgação/FIVB

























Globo Esporte


 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*