Teresina Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
13/09/2018 - 12:47 hs

Daniel Alves revela conversa com Neymar

Após conversa com Neymar, o lateral acredita que ele vai amadurecer, principalmente pela má impressão deixada após o Mundial

Por Yago Machado

Após o Paris Saint-Germain ter apresentado a nova camisa para a disputa da Liga dos Campeões, Daniel Alves deu uma rápida entrevista à imprensa presente. Na ocasião, o lateral-direito disse que teve uma conversa com Neymar, companheiro de clube e de Seleção Brasileira, após a Copa do Mundo – e o principal tema teria sido sobre as quedas durante o Mundial.

“Algumas coisas acontecem na sua vida para você criar maturidade, essa consciência do que você tem que melhorar como pessoa, como profissional. Quando as coisas não estão perfeitas é quando você tem que dar um passo à frente, melhorar e se reinventar. Eu conversei bastante com o Neymar sobre esse aspecto. Acredito que ele está consciente e mais experiente”, garantiu o jogador, que continuou. “As porradinhas dadas nele criaram uma maturidade e vai se ver uma mudança de comportamento. Tipo assim, você deixa de ser moleque para ser homem”.

Daniel Alves, como é de costume, falou muito abertamente sobre o assunto. “Quando começa a ser homem, suas decisões e atitudes são mais ponderadas e fortes. Não tenho dúvida que isso vai acontecer. Sempre falo que, se um fala, dois falam, pode ser perseguição. Se um monte fala, alguma coisa errada estou fazendo”, observou.

"É hora de se reinventar e polir, melhorar. Todos nós temos falhas, mas ficar na falha é uma opção."

O lateral ainda comentou sobre a participação brasileira no Mundial da Rússia. Segundo ele, o trabalho prévio à competição não davam indícios de que a seleção seria eliminada, além de ter comentado sobre o medo. “Foi surpreendente o desempenho da Seleção, porque as coisas estavam bem encaminhadas. Na minha visão de fora, senti um pouco de medo de falhar quando estive lá”, finalizou.

Daniel Alves não participou da Copa do Mundo por conta de uma lesão sofrida na final da Copa da França, em maio. Na ocasião, ele precisou ser operado. O jogador voltou aos treinos na última quarta-feira (12) após quatro meses afastado e deve voltar a atuar em outubro.












Gazeta Esportiva


 












Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*